Ter ansiedade ao dirigir é normal?

Ao pensar na prova prática da autoescola, suas pernas tremem? Acha que saindo com o carro está prestes a ter um problema sério? Isso tudo é um caso de ansiedade ao dirigir. Porém, afinal, isso é algo normal ou não?

Entenda mais sobre o medo ao volante e veja quando essa situação começa a ser um distúrbio afetivo.

Ansiedade ao dirigir é um transtorno?

A ansiedade ao dirigir é um transtorno conhecido na psicologia como amaxofobia. Esse conceito é diferente do medo comum ao volante. A preocupação dos motoristas iniciantes é algo normal e não deve ser confundida com o distúrbio afetivo.

Ou seja, muitas pessoas que começam na autoescola experimentam uma sensação de nervosismo. Isso, em geral, acontece antes de sair com o carro e durante a prova de avaliação.

Da mesma forma, diversos atores ficam ansiosos antes de estrear uma peça teatral, por exemplo. A ansiedade é uma reação fisiológica. Sendo assim, é da natureza do ser humano e funciona para antever possíveis situações complicadas.

Sendo assim, a diferença entre o medo corriqueiro e a amaxofobia é a capacidade de impedir uma ação. Ainda que o motorista fique preocupado, se for apenas apreensão ele conseguirá dirigir. Porém, quando a fobia a dirigir transforma-se em um sentimento incapacitante, é o momento de prestar atenção.

Quais são os sintomas da ansiedade ao dirigir?

A ansiedade no volante é capaz de impedir uma pessoa de sair com seu carro. Além disso, se conseguir, ela pensará constantemente que uma situação grave está prestes a acontecer. Por isso, é fundamental tratar o medo de dirigir logo no início, para que ele não evolua a ponto de ser um distúrbio emocional.

Alguns dos sintomas da ansiedade ao dirigir incluem: medo paralisante, pensamento fixo na situação, certeza de perigo próximo, suor excessivo, dor de cabeça, taquicardia, tonturas e boca seca.

Toda essa carga emocional gera um grande estresse para o indivíduo. Dessa forma, o aprendizado que deveria ser algo agradável, torna-se um tormento devido à proximidade do dia em que deverá fazer a prova prática.

Sendo assim, ao sentir os primeiros sinais do pânico ao volante, busque uma solução natural contra a ansiedade. Em alguns quadros mais sérios, a recomendação é consultar um especialista em saúde.

Como evitar a ansiedade ao dirigir?

A primeira forma para evitar a ansiedade ao dirigir é falar sobre os medos. Procure um condutor mais experiente e converse com ele. Peça dicas e orientações para possíveis problemas ao conduzir um automóvel.

Antes de dirigir, procure fazer métodos de relaxamento. Tente praticar exercícios de respiração e meditação. Além disso, coloque uma música calma e passe um tempo em seu carro apenas escutando.

Para quem parou e quer voltar a dirigir, deve fazer isso de forma progressiva. Sendo assim, tenha calma e paciência no processo. Tente ficar diante do volante, revisar o carro, assento, retrovisor e combustível, além de ir para supermercado ou locais perto primeiro.

Portanto, é possível concluir que ter ansiedade ao dirigir é normal. Porém, quando essa apreensão evolui para um medo incapacitante, é preciso buscar um tratamento contra a ansiedade e visitar um psicólogo.

Você já passou por pela ansiedade ao dirigir? Deixe nos comentários quais foram as suas estratégias para superar o problema.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *